Quer ser voluntário? Saiba por onde começar!

Tecnologia permite o encontro entre atividades de voluntariado promovidas por instituições e cidadãos interessados em doar seu tempo e conhecimentos; saiba como se cadastrar

Para incentivar o engajamento e a participação dos brasileiros em atividades voluntárias, o Governo Federal e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) criaram a Plataforma Nacional do Voluntariado, na qual você está conectado agora. A ferramenta foi desenvolvida em formato de rede social, para facilitar o encontro entre organizações que ofertam oportunidades de trabalho voluntário e pessoas interessadas em doar seu tempo.

Descubra, abaixo, um passo a passo simples para usar a plataforma. 

Inscrição

No canto direito superior da página está o botão “Entrar”, onde o usuário pode efetuar seu cadastro individual.

Qualquer cidadão pode se cadastrar no portal, que pede nome, e-mail, senha e CPF dos participantes. Atenção! Mesmo que você represente uma instituição, é preciso cadastrar primeiro seu perfil pessoal, com seu nome e e-mail - não se preocupe, você poderá inserir os dados da instituição em uma etapa posterior.

Depois de criar seu perfil e confirmar seu cadastro por e-mail, o voluntário pode se conectar a seus amigos ou procurar ações que combinem com sua rotina e habilidades. É possível se engajar em atividades pontuais, de longo prazo, presenciais e virtuais em diversas cidades brasileiras.

Não recebeu o e-mail de confirmação? Primeiro, verifique a caixa de spam do seu e-mail. Se, ainda assim, não tiver recebido, clique em “Reenvio de confirmação de cadastro". Caso não receba o e-mail, entre contato pelo Fale Conosco.

Já para criar uma página institucional, é preciso, após gerar o perfil pessoal, criar uma página para a organização. Para isso, clique em “Incluir”, no menu lateral “Instituições”. Serão solicitados o CNPJ (número e documento) e o estatuto.

Passo a passo

Depois de criar seu cadastro, o usuário pode procurar atividades voluntárias de acordo com sua localidade ou preferências.

Logo na página inicial, você encontrará ações destacadas nos cards. Ao descer o cursor, a página carrega mais ações até encontrar uma de seu interesse. Use os filtros da lateral e veja ações ordenadas por proximidade (será considerada a localidade cadastrada no seu perfil). 

Ao encontrar uma atividade de seu interesse e clicar sobre ela enquanto navega pelo Viva Voluntário, o interessado pode saber mais sobre aquele projeto, a instituição responsável, se interar sobre o dia e hora de realização das tarefas e acerca de eventuais pré-requisitos para a participação. No botão “quero participar”, o usuário se inscreve para colaborar com aquela ação (atenção: você precisa estar logado). A plataforma também possui um chat próprio, onde é possível tirar dúvidas sobre a tarefa proposta ou combinar detalhes para a participação com os responsáveis.

As páginas de cada ação te contam como será feito o primeiro contato para a realização das atividades, que pode ser uma conversa via chat, ou encontro presencial ou outra opção indicada pelos organizadores. Lembre-se que a plataforma Viva Voluntário é um espaço de divulgação, e não é responsável pelo teor do que é ofertado. 

No dia da atividade, um recurso de geolocalização permite que o voluntário confirme que participou, de fato, da ação – o recurso é habilitado para aqueles que se encontram nas proximidades do local de realização das atividades.

Como deixar de participar de uma ação?

Para deixar de participar de uma ação você deve acessar a página da ação da qual deseja sair e clicar sobre o botão “Participando”. Em seguida, confirme que deseja deixar de participar e o botão passará a marcar “Quero Participar!” novamente confirmando que você não está mais inscrito naquela ação.

A plataforma permite também a criação de um Currículo Social para cada voluntário, que reúne uma listagem das iniciativas de que cada um participou.

O programa

O Programa Nacional de Voluntariado é uma iniciativa do Governo Federal, em parceria com o PNUD, que reúne esforços do setor público, do terceiro setor e da iniciativa privada para promover o engajamento dos cidadãos em ações transformadoras da sociedade. Baseado no Decreto 9.149/2017, que dá origem ao programa e ao Prêmio Viva Voluntário, o projeto cria ferramentas que fomentam o desenvolvimento de ações voluntárias e de educação para a cidadania.